História

O Laboratório de Análises Clínicas Dr. Willy Carlos Jung (LACWCJ) iniciou suas atividades no ano de 1957, a partir da visão de um promissor farmacêutico que iria construir uma história de referência no segmento nos anos seguintes. Mesmo enfrentando diversas dificuldades impostas naquela época, onde os avanços da medicina ainda eram limitados, o Dr. Willy Carlos Jung se arriscou e iniciou o trabalho de seus sonhos em uma sala anexa à Farmácia União, que pertencia ao seu pai.

Após mudar-se para uma sala dentro da Casa de Saúde Nazareth Farah, hospital referência dos anos 90 no Vale do Iguaçu, o laboratório então expandiu para um endereço próprio na Rua Prudente de Moraes, 130, endereço este que permanece até hoje.

Com um espaço de tamanho modesto comparado a estrutura atual, mas muito ousada para a época, possuía uma área total de 400m². Atualmente, o Laboratório já ocupa uma área de 1.400m² em sua Matriz, dividida em três pavimentos, nos quais estão distribuídos os seus setores administrativos e técnicos, além de seus outros dez pontos de coleta e mais dois laboratórios (Louis Pasteur e CACAR) que administra por meio do Grupo Jung.

 

Em agosto de 2022, o laboratório referência nas análises clínicas, completa 65 anos de atividade, com uma estrutura composta por 12 pontos físicos espalhados na região, selos de qualidade, atendimento de excelência e equipamentos de alta tecnologia.

O passado e
o futuro fazem
história juntos!
 

Princípios e Diferenciais

O LACWCJ é reconhecido pelos principais e rigorosos órgãos certificadores de qualidade da área, como o Sistema Nacional de Acreditação - DICQ, o Certificado Diamante do Programa Nacional de Controle de Qualidade (PNCQ) e o Certificado Diamante da Unimed.

 

A gestão da qualidade é um item importantíssimo nas análises clínicas, já que prioriza a padronização e a adequação de todas as normas técnicas e de atendimento, com processos impecáveis para um resultado confiável e de excelência. Essa gestão é tratada como um princípio basilar no LACWCJ e sua aplicação é realizada rotineiramente com primazia e constante aprimoramento.

 

Assim como a qualidade, atender toda a comunidade com modernidade, inovação tecnológica e auxílio diagnóstico aos médicos, o Laboratório se destaca na região por ser o único a atender hospitais e Unidades de Pronto Atendimento em regime de plantão.

 

Para alcançar seus valores e objetivos, a empresa constantemente adquire novos equipamentos para atender a demanda de toda a região para que mais de 90% de seus exames oferecidos sejam processados em sua própria sede, ao invés de serem enviados para laboratórios de fora. Desta forma, os resultados saem de forma ágil, com acesso aos profissionais que os processaram e com a mesma qualidade e mesmos equipamentos que os principais laboratórios do mundo trabalham.

 

Os investimentos não param por aí, já que estrutura, capacitação de equipe, o trabalho em cima de pesquisas de satisfação dos clientes e as demandas atuais são considerados em todas as decisões e mudanças para evoluir o atendimento ao público e à comunidade médica e veterinária o tempo todo.

 

Durante o maior pico da pandemia, por exemplo, o LACWCJ foi um dos poucos laboratórios do Estado a oferecer o exame padrão-ouro de RT-PCR, processado e laudado em suas próprias instalações, com resultados em menos de 12h. Esse exame e o equipamento adquirido para realizá-lo precisaram passar por uma seleta e minuciosa aprovação do Laboratório Central de Santa Catarina (LACEN-SC).

Agora com 65 anos, o laboratório busca revalidar seus princípios e seus diferenciais exclusivos, como setores internos de microbiologia, micologia, imuno-hormônios e veterinária, além de continuar em busca de formas cada vez mais sustentáveis para as práticas de análises clínicas e administrativas, incluindo energia solar.

65-anos-willy-jung-(9).png
65-anos-willy-jung-(5).png

Sobre seu fundador

Fundador do Laboratório que empresta o nome, Dr. Willy Carlos Jung foi docente no Primeiro Curso de Aperfeiçoamento do Ensino Médio – Secretaria de Educação do Paraná, foi docente de Citologia Normal e Anormal no curso de Atualização em Hematologia – ASPAFAR (Associação Paranaense de Farmacêuticos) em Curitiba. Também exerceu o magistério no Colégio Túlio de França, Cel. Cid Gonzaga e Colégio São José. 

A atuação de Willinho, como era conhecido, foi tão importante na área da saúde que recebeu homenagens de importantes órgãos do setor, além de ter presidido a Sociedade Brasileira de Análises Clínicas (SBAC), com sede no Rio de Janeiro.  

 

Recebeu em 2005, a Comenda do Mérito Farmacêutico em Brasília no Distrito Federal. Em 2018, a Câmara de Vereadores de União da Vitória aprovou o Projeto de Lei (PL) 7/2018, sancionado e transformado em Lei Municipal, que presta uma homenagem ao farmacêutico com a denominação da Farmácia Central do Município de União da Vitória com o nome oficial de Willy Carlos Jung. Foi denominado também Cidadão Honorário de União da Vitória e Cidadão Benemérito de Porto União.


Com o falecimento do Dr. Willy em julho 2016, seu legado agora é administrado pela família Jung, que continua seguindo os passos e vontade de constante evolução de seu precursor.